Os primeiros dias de PLD horário no âmbito da CCEE apresentam variações acima de 10%. Desde do dia 1o. de janeiro até o final da segunda-feira, o valor da energia no mercado com maior granularidade variou em R$ 113,94/MWh. O menor preço ocorreu no primeiro dia em vigor da aplicação do modelo Dessem com R$ 195,40 e o maior foi programado para as 15h da segunda-feira, 4 de janeiro com R$ 309,34/MWh nos quatro submercados do país.

De acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, no primeiro dia do ano o valor variou 14,16% com média de R$ 206,48/MWh. O menor preço ficou em R$ 195,40 às 7h e o mais elevado R$ 223,06 às 21h. No sábado, dia 2 de janeiro a variação ficou em 12,17% à média de R$ 282,76 resultado do menor valor de R$ 266,88 e o mais elevado em R$ 299,35 nos extremos do período, às 0h e às 23h, respectivamente. No domingo, 3 de janeiro, a oscilação ficou em 16,53% com preço médio de R$ 273,82.

No dia 4 de janeiro, primeiro dia útil da aplicação do modelo Dessem, a variação foi de 13,03% com o maior preço médio desse período com R$ 296,17/MWh. O pico, como citado, ocorreu às 15h com R$ 309,34/MWh e o valor mais baixo foi de R$ 273,69/MWh, ocorrido às 2h. Desde 8h o preço para a energia esteve situado acima dos R$ 300/MWh e saiu desse patamar apenas às 23h, quando recuou a R$ 299,78/MWh em todo o país.

Fonte: CanalEnergia